Ícone do Whatsapp

Sarcoma de Ewing: um tipo de câncer raro

O sarcoma de Ewing é o segundo tipo de tumor ósseo mais frequente e que ocorre em maior incidência em crianças e jovens adultos. Ele pode se tornar agressivo se não diagnosticado de forma precoce.

Sarcoma de ewing: o que é, tipos e sintomas

O sarcoma de Ewing é um tipo de câncer ósseo raro que registra menos de mil casos no Brasil por ano. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), ele é um tipo de tumor maligno que atinge principalmente crianças e jovens adultos, principalmente, em torno dos 15 anos.

O abril amarelo é representado por um fita amarela que simboliza o mês da conscientização para o diagnóstico precoce do câncer ósseo. A Sociedade Brasileira de Cancerologia indica que o tumor ósseo representa 2% das patologias oncológicas gerais no Brasil. 

É registrado uma leve incidência maior em meninos e homens do que em meninas e mulheres, numa relação de 3:2. Os principais sintomas deste tipo de tumor são dores e aumento do volume, ou inchaço, do local afetado. 

Portanto, siga com a leitura do artigo para entender mais sobre o sarcoma de Ewing, quais os seus tipos e os primeiros sinais que ele apresenta na vida do paciente. 

O que é o Sarcoma de Ewing? 

O sarcoma de Ewing é um tipo de câncer ósseo raro que ocorre predominantemente em ossos mais largos do corpo, como o fêmur e o úmero. Ele é classificado como câncer ósseo primário, pois é um tumor que se origina no osso. 

O termo sarcoma no nome indica a presença de um tumor maligno e que ocorre, principalmente, em crianças e jovens adultos. 

Este tipo de tumor ósseo tem incidência maior nos ossos da perna e do braço, podendo causar fraqueza e dor ao caminhar, por conta da pressão causada pelo tumor. 

Ele pode ser localizado em ossos como: 

  • Pelve;
  • Tíbia;
  • Fêmur;
  • Úmero; 
  • Parede torácica;
  • Coluna;
  • Bacia; 
  • Crânio.

Os locais dos tumores podem ficar com bastante volume e ele pode afetar o comprimento total do osso. Um dos principais sinais desse tipo de câncer ósseo são dores fortes em locais específicos, sendo o pico maior de dor durante a noite ou quando fica em repouso. 

Tipos de sarcoma 

O sarcoma é um tipo de câncer que se desenvolve a partir de certos tecidos, como osso ou músculo. E pode ser dividido em três tipos: osso, extra-ósseo e PPNET

Sarcoma de Ewing do osso

É o tipo mais comum dos três e acomete os ossos do corpo. Este tipo de sarcoma acomete, principalmente, parte das extremidades inferiores, como a pelve, parede torácica e a extremidade superior, como coluna, mão e o crânio. 

médico analisando exame e ficha médica de paciente com sarcoma de Ewing
O sarcoma de Ewing é um tipo de câncer ósseo que atinge os ossos mais largos do corpo

Sarcoma de Ewing extra-ósseo

É um tipo de sarcoma de Ewing e sua origem é nas partes moles que envolvem os ossos. A particularidade desse tipo é que pode ser facilmente confundido com outros tipos de tumores ósseos primários. 

Sarcoma neuroectodérmico primitivo periférico (PPNET)

É uma variante do sarcoma de Ewing e é o tipo mais raro. Ele pode acometer tanto os ossos quanto as partes moles do corpo. É mais frequente no tronco e em extremidades, como cabeça e pescoço e também na parte de trás do abdômen, local do corpo conhecido como retroperitônio. 

Além disso, quando o Sarcoma neuroectodérmico primitivo periférico (PPNET) alcança a região torácica, é conhecido como tumor de Askin.

Sintomas do tumor de Ewing

Nos primeiros estágios da doença, ele não apresenta sintomas que sejam característicos. Vai ser apenas com o avançar da doença que vão surgir os primeiros sinais que podem ser confundidos com diversas outras doenças.

Cada sintoma deste tipo de câncer será distinto, dependendo de qual parte do corpo foi afetada e em que estágio a doença está. 

  • Dor no osso (dor progressiva com duração superior a um mês); 
  • Inchaço;
  • Febre;
  • Dificuldade para andar;
  • Fadiga;
  • Perda de peso;
  • Cansaço excessivo;
  • Mal estar e fraqueza;
  • Fraqueza nos ossos e quebrando sem motivo aparente; 
  • Falta de sensibilidade nos braços e pernas; 
  • Falta de ar. 

Como é causado? 

O sarcoma de Ewing possui causa desconhecida. O Inca aponta que esse tipo de câncer não apresenta fatores de risco, pois não há dados que indiquem a origem da doença, não apresenta ser uma doença hereditária, não se conhece nenhuma associação com hábitos de vida e, por isso, não tem como ser prevenido. 

célula cancerígena infectando um tecido saudável, espalhando o tumor
O câncer é caracterizado por produzir um crescimento acelerado de células cancerígenas que afetam células saudáveis e espalham o tumor pelo corpo

O câncer é caracterizado por produzir um crescimento acelerado de um grupo de células que são consideradas anormais, ou cancerígenas. 

Acredita-se que os diversos todos os tipos de sarcoma de Ewing possuem as mesmas anomalias genéticas e que partes de dois cromossomos, 11 e 22, se fundem e criam um novo tipo de célula anormal que cresce de forma acelerada, originando o sarcoma. 

Diagnóstico de sarcoma de Ewing

O diagnóstico do sarcoma de Ewing é relativamente tardio. Os pacientes costumam buscar ajuda médica quando sentem dor óssea sem nenhuma causa aparente ou incômodo pela pressão causada pelo tumor. Além disso, podem apresentar febre baixa constante, perda de peso, mal-estar e fraqueza. 

Como os sintomas não são específicos da doença, eles podem ser facilmente confundidos com outras doenças que apresentam estes sintomas, em crianças pode ser cogitado dor de crescimento, atrasando o tratamento. 

E segundo dados do Hospital do Amor, quando o paciente obtém o diagnóstico, 25% dos pacientes apresentam metástases, invasão das células cancerígenas para outras partes do corpo como os pulmões e medula óssea. 

Tratamento de tumor de Ewing

Quando o médico diagnostica o câncer no paciente, o tratamento mais comum é realizar quimioterapia, na qual anticancerígenos vão agir contra as células cancerígenas. 

Os avanços da medicina trouxeram ao tratamento do sarcoma uma melhora significativa de resultados para o paciente. 

médica em sua mesa no hospital explicando para a sua paciente o diagnóstico do sarcoma de Ewing
O tratamento deste tipo de câncer dependerá do estágio em que o tumor do paciente se encontra 

É recomendado a realização de uma cirurgia para retirada do tumor do local afetado e quimioterapia após a operação para destruir as células doentes e interromper o crescimento desenfreado de novas células cancerígenas.

Nos casos do sarcoma de Ewing, por causa de ser um câncer nos ossos, pode prejudicar o diagnóstico precoce da doença, pois se o tumor não for evidente ou não estar localizado em locais que seja fácil de observar, pode dificultar um autodiagnóstico e dirigir-se ao hospital. 

Além disso, quando se trata de câncer, uma outra alternativa é realizar o transplante de células-tronco, que pode ajudar diretamente pacientes que não podem ser curados com os tratamentos alternativos, como a quimioterapia. 

Se você reconhece algum dos sintomas, é de extrema importância procurar imediatamente um médico especializado para realizar o diagnóstico correto e iniciar os devidos tratamentos.

Agende uma consulta.

Data de publicação: